Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

After Eight

Andreia. 22 anos. Alimentação saudável com chocolate incluído. Livros, viagens, séries e filmes.

Andreia. 22 anos. Alimentação saudável com chocolate incluído. Livros, viagens, séries e filmes.

Maratona Até Aos Óscares

Não, não vou correr até à cerimónia, podem tirar o cavalinho da chuva! Tenho sim feito grandes maratonas em frente ao ecrã, tenciono ver grande parte dos filmes nomeados até ao grande dia.

Até agora vi Brooklyn, Joy, Spotlight, The Danish Girl e The Revenant e destes (por enquanto só posso falar destes) penso que o The Revenant merece o Óscar de Melhor Filme, pela simplicidade marcada pela escassez de falas que não tira em nada o brilhantismo do filme, pela intensidade da história e pela imagem marcante sempre dentro dos mesmos tons. No entanto, e apesar do seu desempenho maravilhoso neste último filme, vejo o tão esperado Óscar de Melhor Ator para o Di Caprio ameaçado pela fantástica Lili Elbe representada pelo Eddie Redmayne. Já há algum tempo que o Eddie nos vem a surpreender com o seu enorme talento, especialmente para desempenhar personagens "diferentes" e "fora do normal", digamos, e esta Lili Elbe só vem dar mais provas disso mesmo, embora ache que a personagem podia ter sido mais explorada, tendo em conta que é baseada em factos verídicos (e, segundo informação que li depois de ter visto o filme, muitos factos foram ocultados e outros um tanto ou quanto deturpados).

Quanto a Brooklyn e Joy são daqueles filmes que me deixam com um brilhozinho nos olhos por mostrarem tão bem o que nós, mulheres, somos capazes de fazer! Pode cair-nos o mundo em cima, podemos ter todos os obstáculos à frente, mas somos sempre capazes de lutar por aquilo que queremos e atingir os nossos objetivos, mesmo que tenhamos que sofrer e passar por momentos menos felizes pelo caminho. Não conhecia a Saoirse Ronan nem nenhum trabalho dela e fiquei agradavelmente surpreendida pelo seu desempenho em Brooklyn, mesmo que a meio do filme me apetecesse esbofeteá-la. Mas o meu amor pela Jennifer Lawrence não tem limites e a entrega dela às personagens, a força que lhes dá, a garra... Deixa-me a babar. Por isso, se o Óscar de Melhor Atriz for para ela eu fico feliz!

Por último, Spotlight é o filme que nos faz questionar o mundo/sociedade em que vivemos. Saber que é totalmente baseado em factos verídicos deixa-nos com um aperto num coração, ainda para mais retratando um assunto tão "frágil" como a pedofilia. Para mim, um forte (mas mesmo muito forte) candidato a vencedor do Óscar de Melhor Argumento.

E aqui ficam as minhas humildes opiniões acerca de alguns dos noemados para os Óscares, espero que gostem!

1 comentário

Comentar post